Luta segue firme e conquista adesão de Sindicatos à Campanha “CORREIOS, O QUE É ESSENCIAL PARA O POVO NÃO SE VENDE!”

A Campanha Nacional “Correios, o que é essencial para o povo não se vende!” foi criada pela Federação interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (FINDECT), com apoio e coordenação dos sindicatos dos trabalhadores dos Correios de São Paulo, Bauru, Rio de Janeiro, Maranhão e Tocantins.

A missão da Campanha é defender os Correios públicos, uma empresa com 358 anos de existência essencial para garantir o direito da população à comunicação postal num país continental como o Brasil.

O objetivo da campanha é somar diferentes forças políticas, priorizando ações de mobilização, pressão política e comunicação social, em favor da defesa da maior estatal do Brasil, na qual atuam mais de 90 mil trabalhadores e trabalhadoras.

A campanha é a articulação ampla e plural no campo da categoria de Correios. Constitui-se como uma rede que articula centenas de grupos e entidades distribuídas por todo o país. Inclui associações; movimentos sociais; sindicatos; organizações não-governamentais nacionais e internacionais; grupos universitários, estudantis, juvenis, políticos e comunitários; além de milhares de trabalhadores e cidadãos que acreditam na construção e fortalecimento dos Correios e de um país justo, democrático, soberano e sustentável que defenda o serviço público, essencial e de qualidade.

“Correios, o que é essencial para o povo não se vende!” é uma campanha que trará subsídios importantes aos trabalhadores, pequenos, médios e grandes empresários e população em geral para contrapor os argumentos ideológicos e falseados do governo federal, que insiste em cometer um crime de lesa-pátria com a venda da mais importante e essencial estatal do Brasil, os Correios.

Siga nossa página no Facebook, Instagram, YouTube, twitter e fortaleça a luta em defesa dos Correios Estatal!

Compartilhe agora com seus amigos